Parar de comer açúcar e buscar uma alimentação mais natural ajuda a melhorar a pele, o humor e a disposição no dia a dia

Você já pensou em cortar o consumo do açúcar por alguns dias? Cumprir esse desafio pode ser muito benéfico para o organismo, sabia? Afinal, alimentos ricos em açúcar refinado (como biscoitos recheados, sorvetes, achocolatados, bolos, refrigerantes e chocolates em barra), quando consumidos a longo prazo, podem contribuir para o acúmulo de gordura, diminuição da imunidade, dentre outros problemas de saúde. Para explicar melhor como o corte (ou a redução) no consumo de açúcar tende a ser benéfico para o corpo, nós conversamos com a nutricionista Luciana Novaes. Confira!

Consumo excessivo de açúcar pode contribuir para casos infecciosos, causar aumento de peso e abrir caminho para a diabetes

Em muitos casos, o açúcar acaba atuando como grande vilão no nosso organismo, sendo facilitador de muitos problemas de saúde. De acordo com a nutricionista Luciana Novaes, o consumo excessivo do alimento pode ser muito prejudicial ao corpo. "O consumo de açúcar refinado colabora para o aumento dos níveis de gordura no nosso organismo, inclusive aquela que fica armazenada no fígado, o que pode levar a uma complicação chamada esteatose hepática ou aumentar os níveis de colesterol e triglicerídeos. Outro problema comum é que podem surgir quadros de disbiose, que é quando o nosso intestino perde as bactérias benéficas e concentra uma maior quantidade de bactérias patogênicas, diminuindo nossa imunidade, aumentando os quadros de alergias e infecções de repetição", explica.

"Uma alimentação rica em carboidratos refinados à base de açúcar também é um forte caminho para o surgimento da diabetes. E o consumo em excesso ocorre bem rapidamente com o uso de refrigerantes, bebidas de caixinha adoçadas, geleias, doces, bolos e pães", complementa Luciana.

Corte no consumo de açúcar causa uma série de mudanças no corpo

1. Possível redução de peso

Quando cortamos o consumo do açúcar, mesmo que por alguns dias, é possível perceber algumas mudanças em nosso aspecto físico. "Em pouco tempo, consegue-se perceber uma melhora geral em todo o organismo. Apenas alguns dias sem o açúcar e já podemos sentir as diferenças. Dependendo de como era o consumo, pode haver uma redução de peso, pela diminuição de calorias e diminuição da compulsão alimentar, que costuma estar ligada ao consumo de alimentos ricos em carboidratos refinados", explica a nutricionista.

2. Melhora na disposição para encarar as atividades

Caso o objetivo seja ter mais ânimo para encarar a rotina, o corte do açúcar também pode ser algo benéfico. "Há uma melhora geral na disposição para as atividades, porque o nosso cérebro funciona melhor. O açúcar reduz o funcionamento de neurotransmissores responsáveis por nos manter em alerta e em atividade", afirma Luciana.

3. Melhora nas oscilações de humor

Você costuma sofrer com alternâncias de humor no dia a dia? Neste caso, reduzir o consumo do açúcar também pode ajudar. "Pessoas que possuem oscilações de humor também podem se beneficiar com a retirada do açúcar da dieta, pois o açúcar leva à irritabilidade, confusão mental e cansaço, prejudicando os quadros de TPM ou depressão, por exemplo", destaca a profissional.

4. A pele fica com mais elasticidade e aspecto saudável

Para evitar o surgimento de cravos, espinhas e deixar a pele com mais firmeza e um aspecto saudável, é muito indicado reduzir o consumo de carboidratos refinados. De acordo com a nutricionista, existe um motivo para o açúcar ser considerado uma espécie de vilão para a pele. "O açúcar circulante se liga ao colágeno, impedindo a renovação e sustentação dos tecidos, deixando a pele mais fragilizada com o surgimento de rugas e aparência envelhecida", explica.

5. Ajuda a fortalecer o sistema imunológico

Quando se trata de fortalecer a imunidade do corpo, a nutricionista destaca que uma ótima decisão é cortar (ou ao menos diminuir) o açúcar da dieta. "Um benefício muito importante do corte de açúcar é que, assim, reforçamos as nossas defesas. Sem o açúcar, há uma melhora no funcionamento intestinal e na regularização da nossa microbiota, que é responsável pelas nossas defesas", afirma Luciana.

6. Diminui as chances de infecções por fungos

Quando mantemos uma dieta saudável - mais natural e com pouco açúcar -, problemas infecciosos (causados por microrganismos) tendem a reduzir, sabia? "Retirar o consumo de açúcar também diminui as infecções por fungos, como candidíase, levando em conta que o açúcar é um dos alimentos preferidos desses microrganismos", explica a profissional.

7. Ajuda no controle da glicemia

Para evitar possíveis doenças relacionadas ao sistema circulatório, a nutricionista destaca a importância de reduzir o consumo do açúcar. "Outro benefício é o controle dos níveis de glicose no sangue e um controle melhor da liberação da insulina. Isso já ajuda o organismo a trabalhar de forma mais adequada e diminui o risco do desenvolvimento da diabetes", afirma Luciana.

Como reduzir o consumo do açúcar?

Agora que você já sabe como a redução no consumo do açúcar é benéfica para o corpo, o ideal é tentar botar esse desafio em prática! De acordo com a nutricionista Luciana Novaes, existem algumas formas simples de evitar o consumo de alimentos ricos em açúcar no dia a dia.

Aposte em adoçantes mais naturais (como o xilitol) e em frutas como substitutos

Para começar, a nutricionista destaca que uma boa dica é recorrer a ingredientes naturais que funcionem como substitutos do açúcar em diferentes receitas. "Existem substitutos que podem ser usados para manter o paladar doce, sem provocar tantos problemas à nossa saúde. O xilitol é uma boa opção, por ser um tipo de açúcar natural que praticamente não é absorvido pelo nosso organismo, considerado alimento funcional, porque evita o surgimento de cáries. Também temos o açúcar de coco, que possui baixo índice glicêmico, controlando a liberação de insulina no nosso organismo. Apesar de serem mais saudáveis do que o açúcar branco, não devem ser consumidos em excesso", recomenda Luciana.

"Utilizar as frutas nas preparações é uma ótima maneira de deixar o sabor mais adocicado. Maçã, banana e uva passa são opções que conseguem deixar um sabor bem adocicado em bebidas, bolos e saladas. As frutas possuem frutose, um açúcar natural, e possuem fibras, que ajudam a controlar a liberação desse açúcar. Elas também são uma excelente opção para sobremesas", complementa a nutricionista.

Evite fast-food e bebidas adoçadas com açúcar refinado

Por fim, a nutricionista também destaca que, para diminuir o consumo do açúcar, é necessário evitar ao máximo alguns tipos de alimentos. "Evite o consumo de bebidas adoçadas com açúcar refinado, como refrigerantes, xaropes e achocolatados. Troque-as por suco natural, sem açúcar e em pouca quantidade (vale destacar que comer a fruta será sempre melhor) e beba muita água. Além disso, diminua o consumo de fast-food", finaliza Luciana.